Google libera bloqueio de anúncios que seguem usuários pela internet

0

O Google vai permitir o bloqueio de um anúncio que segue usuários pela internet após o item propagandeado ter sido visto em uma loja online.

A novidade faz parte de uma série de atualizações nos controles de publicidades, anunciada pelo Google nesta quinta-feira.

A maior dessas melhorias envolve os chamados lembretes de anúncio. São aquelas propagandas exibidas sempre que um consumidor visita alguma loja eletrônica, namora um produto, mas não o leva. Um tênis, por exemplo.

Depois disso, todas as vezes em que abre um aplicativo ou acessa um site que seja parceiro do programa de anúncios do Google, essa pessoa corre o risco de receber um anúncio de tênis daquela loja.

Agora, os internautas poderão impedir que essas propagandas os sigam. O novo recurso já funciona nos Estados Unidos, mas ainda está sendo liberado gradualmente para usuários de outros países.

A mudança de configuração é feita no painel de controle da conta Google. Veja abaixo o passo a passo, que vale tanto para o aplicativo Google quanto para qualquer serviço da empresa acessado pelo desktop:

Esse recurso vale, por ora, apenas para anúncios exibidos em sites e aplicativos. O Google pretende levá-lo a peças publicitárias presentes no YouTube, no Gmail e na busca.

Outra novidade é uma expansão do silenciamento de anúncios. Lançada em 2012, essa ferramenta permite que internautas ocultem um anúncio que não queiram ver — basta clicar no X posicionado no canto superior do banner.

Só que isso valia apenas para uma única sessão. Ou seja, um banner “silenciado” ao ser exibido em um aplicativo de comércio eletrônico poderia voltar a ser mostrado caso o mesmo serviço fosse aberto novamente ou mesmo presente em outro programa.

A partir de agora, uma vez “calado”, o anúncio não voltará a ser exibido para o usuário.

Source link

Comentários

comentários